RONNIE VON

Nascido em Niterói sob o signo de câncer, em 17 de julho de 1944, nos primeiros minutos de uma segunda-feira.
Em 1960 prestou exame para a Escola Preparatória de Cadetes do Ar de Barbacena, tinha 15 anos e entrou em 72º lugar, entre 4000 candidatos, onde apenas 240 foram aprovados.
Aos 17 anos de idade fez seu primeiro vôo, sozinho em um Folker T-21, um dos dias mais emocionantes de sua vida.

Ser piloto não era o seu destino, então saiu da escola da aeronáutica e foi para a faculdade de economia onde passou a estudar a noite e durante o dia a trabalhar com seu tio que administrava empresas que operavam no mercado de capitais.

Sua carreira como cantor começou no bar O Beco das Garrafas, onde foi descoberto por João Araújo, enquanto dava uma canja. A primeira gravação foi um fenômeno e na mesma época, Hebe Camargo lhe deu o apelido pelo qual é conhecido até hoje, Príncipe.

Em 1966, teve a primeira oportunidade como apresentador na TV Record, comandando o programa O Pequeno Mundo de Ronnie Von. O programa abria as portas para novos talentos e Ronnie Von lançou muita gente, como os Os Mutantes, Eduardo Araújo, Os Vips, Martinha, Jerry Adriani e o pessoal da Tropicália, especialmente a Gal Costa.
Apresentar programas de TV passou a ser mais uma vertente em sua carreira de artista. A princípio com programas musicais e talking shows.

Suas experiências como pai e mãe resultaram no livro Mãe de Gravata e a idéia de apresentar um programa feminino veio através de um amigo, Washington Olivetto. Hoje, ele apresenta o programa diário Todo Seu, na Rede Gazeta de Televisão, com 2 horas de duração. O segredo do sucesso é fazer um programa voltado para o mundo das mulheres, com um toque masculino.

Vencer a barreira do tempo e garantir espaço na mídia é uma árdua tarefa para os artistas, mas Ronnie Von e seus mil talentos, provam que os 38 anos passados desde o início da carreira serviram para aprender a superar as adversidades e crescer como profissional e como pessoa passível de erros e acertos.